Desastre em Mariana: Desastre em Mariana

Desastre em Mariana



Destroços da casa de Geraldo Nascimento, morador há 40 anos do distrito Paracatu de Baixo, que teve sua casa atingida por uma enxurrada de rejeitos minerais que atingiu a região. O distrito foi o segundo mais afetado, depois de Bento Rodrigues e também está isolado pela defesa civil. No dia 5 de novembro, uma barragem de rejeitos minerais da empresa Samarco (controlada pela Vale e pela anglo-australiana BHP) estourou, inundando de lama tóxica a região.

Foto: Victor Moriyama / Greenpeace
Desastre em Mariana - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página